PDPSC: EU DESCUBRO-ME, EU GOSTO DE MIM!

 

logo pdpsc

Em sintonia com a estratégia nacional do PNPSE e porque todos sabemos, por experiência e saber acumulados, que para prepararmos um futuro de sucesso consistente, a intervenção tem de incidir na base do sistema educativo, procurando criar condições que permitam melhor ensino, melhor apoio e melhor aprendizagem, o AEPB vai continuar a desenvolver um plano de Estímulo à Inteligência Socioemocional e Desenvolvimento Pessoal destinado ao ensino básico.

Pretendemos atingir os seguintes objetivos gerais:

  • Promover a inteligência emocional na escola através da educação e desenvolvimento de competências emocionais que proporcionem um maior bem-estar pessoal e social de forma a contribuir para o sucesso escolar e para a diminuição de comportamentos e atitudes de indisciplina, agressividade e de desmotivação dos nossos alunos e para a diminuição dos comportamentos de risco.
  • Ajudar o aluno a lidar adequadamente com as suas emoções através do desenvolvimento da sua inteligência emocional, ou seja, da capacidade para perceber, compreender, usar, e regular as suas emoções e as dos outros de uma forma natural, bem como ensinar novas formas para enfrentar os seus estados de ânimo negativos, recorrendo mais a atividades distrativas, como forma de interromper a atenção focalizada nos problemas que são a causa do seu mal-estar físico e emocional.

 

Foram definidas duas metas a atingir: a) Melhoria tendencial de sucesso educativo; b) Melhoria de resultados sociais (assiduidade, ocorrências disciplinares, inserção académica e / ou profissionais).

Na implementação do plano, serão desenvolvidas atividades ao longo de 15 sessões em cada turma. As atividades previstas seguem o modelo das quatro dimensões da inteligência emocional: (i) perceção emocional; (ii) facilitação emocional do pensamento; (iii) compreensão emocional; e (iv) gestão emocional.

As sessões serão distribuídas do seguinte modo:

1.ª sessão – Apresentação das sessões aos intervenientes;

2.ª e 3.ª sessões – Reconhecer emoções;

4.ª sessão – Percecionar emoções;

5.ª sessão – denominar emoções;

6.ª e 7.ª sessões – compreender emoções;

8.ª e 9.ª sessões – expressar emoções;

10.ª e 11.ª sessões – utilizar emoções;

12.ª, 13.ª e 14.ª sessões – regular emoções;

15.ª sessão - avaliação.

Para implementação deste plano, o Agrupamento conta com a colaboração de uma técnica, cujo contrato foi novamente prorrogado para o presente ano letivo, capacitada para o seu desenvolvimento.

 

 

(C) 2012-2024, Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca