Escola Secundária no Parlamento dos Jovens: Fake News – O Impacto da Desinformação na Democracia

Segunda, 20 junho 2022

Escola Secundária no Parlamento dos Jovens:

Fake News – O Impacto da Desinformação na Democracia

2206 parlamento dos jovens01 2206 parlamento dos jovens02 2206 parlamento dos jovens03 2206 parlamento dos jovens04 2206 parlamento dos jovens05 2206 parlamento dos jovens06

Nos dias 30 e 31 de maio, realizou-se, na Assembleia da República, a fase nacional do “Parlamento dos Jovens”, na qual a Escola Secundária de Ponte da Barca marcou presença, representando o Alto Minho.

Tendo como tema “Fake News: o impacto da desinformação na democracia”, a iniciativa contou com alunos de todo o país, e ainda de escolas de dentro e de fora da Europa, como da Suíça e Cabo Verde, o que demonstra a globalidade do projeto.

Ponte da Barca, representada por Manuel Ribeiro e Afonso Lage, ambos do 12.º ano, constituíram uma magnífica equipa, juntamente com membros das escolas de Arcos de Valdevez, Mariana Fernandes (porta-voz) e Daniela Faria, e de Melgaço, Rafael Caldas e Luís Gonçalves.

A comitiva de Viana do Castelo integrou-se na 3.ª comissão, que foi presidida pelo deputado Alexandre Poço, do PSD, e que teve como vice-presidente a deputada Eunice Pratas, do PS. Aqui, debateram as propostas selecionadas na fase distrital.

Estas sessões decorreram em duas fases distintas. Uma primeira em que se debateram na generalidade os projetos de recomendação dos diversos círculos eleitorais, com os representantes do nosso distrito a terem uma excelente prestação, sendo o seu projeto o mais votado, e uma segunda fase na qual decorreu a redação final do projeto de recomendação da comissão e a seleção de perguntas para fazer aos deputados presentes no plenário, no dia seguinte.

No fim do trabalho nas comissões, fomos para a Sala do Senado, onde assistimos a uma atuação da orquestra Lisbon Film Orchestra, que interpretou diversos temas.

No dia seguinte, voltamos para a Assembleia da República para iniciarmos a tarefa-chave do Parlamento dos Jovens – a escolha das medidas que seriam apresentadas aos nossos deputados da Assembleia da República.

Começamos a manhã na Sala das Sessões com o discurso de abertura do Presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, e mais algumas intervenções de outras figuras, como o Presidente da Comissão da Educação e Ciência, Alexandre Quintanilha, e a deputada Ana Catarina Mendes.

Enquanto chegavam os deputados, o Presidente da Mesa abriu solenemente a sessão plenária com um pequeno discurso. Estando presentes os deputados presentes eram Porfírio Silva (PS), Fernanda Velez (PSD), Rita Matias (Chega), Rui Rocha (IL), João Dias (PCP), Joana Mortágua (BE), Inês de Sousa Real (PAN) e Rui Tavares (Livre), cada círculo fez a sua pergunta ao deputado indicado na lista que foi fornecida a cada um de nós.

Entretanto, os jornalistas dirigiram-se para a Sala de Imprensa, onde tiveram uma palestra com o Presidente da Comissão de Educação e Ciência, Alexandre Quintanilha, havendo ainda tempo para apresentar perguntas sobre o tema.

Na período da tarde, a sessão plenária teve seguimento e procedeu-se às votações para eleger o projeto final. A terminar, foram entregues os diplomas aos deputados, numa breve cerimónia.

Para a despedida, todos os porta-vozes de cada círculo tiveram um momento para falar. Orgulhosos do seu trabalho, discursaram sobre a importância de uma cidadania ativa, especialmente no que toca aos jovens, e com o hino nacional e aplausos foi encerrada mais uma edição do Parlamento dos Jovens.

Foram dois dias intensos de trabalho, mas compensadores. Esta experiência fez-nos perceber que Portugal está em boas mãos, que a nossa geração está preocupada com os problemas que enfrentamos e está disposta a dar o seu contributo para melhorar o país.

Jornalista Joana Fernandes, 12.º ano.

 


 

(C) 2012-2022, Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca