Metodologia de Estudo

Domingo, 03 novembro 2019

Metodologia de Estudo

Em articulação com as docentes de OFC, Cidadania e Desenvolvimento e a Direção de Turma, a Biblioteca Escolar desenvolveu com cada uma das cinco turmas do 9.º ano de escolaridade uma sessão sobre metodologias de estudo.

O trabalho aconteceu ao longo do mês de outubro e teve como objetivo “educar para a autonomia e para o espírito crítico, suscitando nos alunos a apropriação de metodologias e técnicas de trabalho” (Projeto Educativo), e apoiar os utilizadores na apropriação de métodos de trabalho e de estudo autónomo, acompanhando-os na consolidação de competências e de hábitos de trabalho, baseados na consulta, tratamento e produção da informação.

Foi uma oportunidade para analisar / refletir sobre uma série de situações a evitar e sobre opções a tomar quanto antes, no sentido de tornar o trabalho mais rentável, favorecendo a autonomia dos alunos.

A importância de uma alimentação adequada, de descanso e de momentos de lazer, e a necessidade de criar rotinas de estudo diário, com um horário fixo, foram outros aspetos explorados, assim como um conjunto de recomendações práticas para tornar o estudo mais produtivo.

No final, foi distribuída a cada participante uma brochura intitulada “Metodologia de Estudo”, da autoria do Prof. Luís Arezes, que apresenta seis etapas para um método de estudo e elenca 26 normas para o trabalho individual.

Na página web do Agrupamento (“Alunos”, “Materiais de Apoio”) e no blogue da Biblioteca Escolar (página “Materiais de Apoio”) continua disponível o tutorial utilizado na dinamização da atividade, um documento de apoio aos estudantes e respetivos encarregados de educação que se vem juntar a outros já anteriormente disponibilizados.

O trabalho revelou-se muito produtivo, despertando nos alunos grande interesse e um sentido de compromisso, tendo em vista a alteração de comportamentos e de atitudes e uma maior responsabilização e autonomia quanto às tarefas escolares.

Trata-se de um desafio central em que todos – Escola, Família e Estudante – podem e devem dar um contributo. Por isso, deixamos aqui mais uma proposta de leitura e análise.

Biblioteca Escolar

 


 

(C) 2012-2019, Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca