Aprender fora da sala de aula na Central Hidroelétrica do Alto Lindoso

Quarta, 23 janeiro 2019

Aprender fora da sala de aula na Central Hidroelétrica do Alto Lindoso

    

As atividades educativas fora do espaço formal da sala de aula são um recurso que pode ser utilizado para enriquecer a transmissão de conhecimentos do conteúdo do ensino de ciências. Estas atividades fora do espaço formal da sala de aula são imprescindíveis para associar o conteúdo ministrado em sala com a realidade do meio e dos acontecimentos diários, proporcionando uma transmissão de conhecimentos de maneira descontraída e momentos de socialização.

Desta forma, os alunos da turma A do 11.º ano do Curso de Ciências e Tecnologias do Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca, no âmbito do PCIAE (Programa de Combate ao Insucesso e Abandono Escolar) - Alto Minho e com os objetivos do PNPSE (Plano Nacional de Promoção de Sucesso Escolar), aprenderam Física e Geologia na Central Hidroelétrica do Alto-Lindoso. No âmbito da disciplina de Física e Química A, abordaram a ‘‘Indução Eletromagnética’’ e, na disciplina de Biologia e Geologia, o tema ''Ocupação antrópica e problemas de ordenamento'' ligados à construção de barragens.

Na visita guiada ao interior da barragem, foi possível observar as várias turbinas e válvulas que potenciam uns dos maiores produtores hidroelétricos da Europa e ficar a conhecer todo o processo de produção e distribuição de energia elétrica do nosso concelho.

Consideramos que este tipo de iniciativas são oportunidades para valorizar o património do nosso concelho, mas também para aprender conteúdos curriculares fora do contexto de sala de aula. Esta ligação a contextos reais foi motivadora e facilitou a experimentação de sensações potenciadoras da aprendizagem.

Alice Moutinho e Ana Beatriz Afonso, 11.º A

 


 

(C) 2012-2019, Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca