Pat R apresenta romance e inspira estudantes do Secundário

Sexta, 18 janeiro 2019

Pat R apresenta romance e inspira estudantes do Secundário

  

  

A mais recente obra de Pat R (nome artístico de Patrícia Ribeiro), “Os homens nunca saberão nada disto”, esteve no centro de uma interessante e inspiradora conversa que a autora manteve com alunos do Secundário.

Ao longo de duas sessões, a jovem escritora apresentou o romance e conversou sobre o processo criativo, dando ênfase à simbologia que une as personagens ao longo do enredo: a música, o tempo e o Mount Shasta (imagem da capa).

Influenciada pela cultura norte-americana (literatura, música, cinema), a obra trata da história de uma família contada através do tempo e da música, pela voz dos dezoito filhos que poderiam ter resultado de um encontro entre Ian e Jeannette.

O projeto inclui ainda o chamado livro de extras (romance gráfico), com dois tipos de conteúdos: recriação de elementos que são reais no universo da história e várias interpretações das 11 personagens, feitas por diferentes ilustradores (23, portugueses e internacionais). Entre estes documentos, temos a árvore genealógica da família, o álbum de fotografias (com 9 fotografias recriadas da história), o LP/CD que o protagonista lança (vem incluído no final do livro) e 3 quadros que a avó pinta. Os restantes capítulos do romance gráfico dedicam-se à reinterpretação das 11 personagens pelos diferentes artistas convidados.

 

Acreditar e trabalhar

Num registo muito expressivo, que prendeu o público do primeiro ao último instante, Pat R explorou as várias linguagens presentes no trabalho, com a projeção de ilustrações e a audição de músicas que fazem parte das histórias de cada uma das personagens, cujos temas foram recriados por músicos a quem a autora endereçou convite.

No diálogo que manteve com os alunos, a jovem escritora salientou a importância da imaginação na leitura e valorizou a inter-relação “natural” entre a escrita e a ilustração, realçando a sinergia entre a literatura e as diferentes artes, nomeadamente, a música.

Sempre num clima descontraído, a autora partilhou ainda com os alunos o seu testemunho de vida, sublinhando que é fundamental acreditarmos nos nossos sonhos e nas nossas capacidades e, a partir daí, trabalhar incessantemente, sem nunca nos deixarmos vencer pelo desânimo.

 

Pat R

Pat R cresceu num ambiente altamente influente a nível artístico e, desde criança, desenvolveu um gosto particular pela música, cinema, fotografia e literatura.

Começou a escrever muito cedo, tendo completado o primeiro trabalho mais extenso aos 12 anos. A partir de então, dedicou-se, incessantemente, à escrita de argumentos, romances, poesia e contos, durante os anos de ensino secundário e de faculdade.

Estudou Estudos Artísticos, Publicidade e Marketing e Cinema e, em 2014, decidiu dedicar-se exclusivamente à escrita.

Para além de “Os homens nunca saberão nada disto”, já publicou também duas novelas: “Inércia” e “O Pijama da Gata”.

Biblioteca Escolar

 


 

(C) 2012-2019, Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca